terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Entrevista com Ventania para o site "Boa Noite BH"

Nesta entrevista realizada por Karine Rodrigues para o site "Boa Noite BH", Ventania conta um pouco da sua trajetória como músico, desde os tempos de artista de rua até o lançamento do primeiro trabalho da banda, o CD “Só para Loucos”. Fala também das suas influências, inspirações e a visão que tem deste mundo doido.

– Qual o show mais marcante para a banda?
Ventania: Eu não sei te responder porque tiveram shows muito legais, muito loucos. Alguns que achamos que seriam fracos, mas de repente, “bommm”, apareceu muita gente. Muitos shows foram marcantes.

– Um fato engraçado:
Ventania: Nossa, uma vez eu fiz um show em Ouro Preto. Me empolguei, saí pulando, vacilei e caí do palco, capotei lá embaixo. Ainda bem que poucas pessoas viram porque eu caí no escuro.

– Qual a música mais importante na carreira de vocês?
Ventania: A música que eu curto é “Micróbio”, tem a minha cara. (risos) Ela fala muito da minha vida, como foi minha vida até chegar aqui. Eu nasci e me criei na estrada.

– Como a banda surgiu?
Ventania: A banda Hippie, que é uma banda para todos os malucos de bom coração, de sensibilidade, surgiu do nada. Eu fiquei dez anos tocando sozinho, passando o chapéu. Tocava mais ou menos uma hora e depois passava o chapéu. Aí falava: olha galera, ajuda aí que eu não tenho nada na barriga pra fazer cocô. Aí as pessoas me ajudavam e davam uma bela gargalhada. Tinha gente que dava muito dinheiro, naquela época eram cruzeiros, depois foram os reais e fui vivendo. Conheci muita gente legal na estrada, muitos músicos legais. Conheci o pessoal da banda em São Tomé das Letras, onde moramos. O primeiro show foi aqui em Belo Horizonte e nós nem ensaiamos, foi no Lapa Multishow. Tinha muita gente, foi o nosso primeiro som. Foi muito louco. Daí para frente fizemos vários shows e agora temos o cd “Só para loucos”. Estamos gravando o segundo.

– O que é o sucesso para você?
Ventania: Eu não quero nem pensar nisto, eu quero é curtir, abraçar todo mundo. Quando era criança, escrevi em um caderno que tenho até hoje na casa da minha avó: eu quero ter os braços bem cumpridos, aí me desenhei com os braços bem grandes, para abraçar todo mundo que eu amo. Com a música, meus braços cresceram e eu pude abraçar bastante gente. Ainda quero abraçar todo mundo. E eu acho que sucesso é isto, a alegria de estar com a galera.

– O sucesso é passageiro?
Ventania: Sei lá, eu quero é cantar muitas músicas, quero cantar a vida inteira e compor para todos os malucos. O legal é que todo mundo está gostando. Outro dia eu encontrei com um engenheiro e perguntei para ele: Porque você gosta da minha música? Ele falou que gosta porque uma vez tentou ser hippie, e que nunca teve coragem, além disso a família dele nunca deixou. Ele se identificou com a música e é isto que eu acho legal.

– Você tem algum ídolo?
Ventania: Eu tenho um ídolo, Jesus Cristo! O primeiro hippie, assim barbudo, cabeludo… eu sigo à ele.

– A banda teve apoio de alguém?
Ventania: Não, só da grande malucada hippie, maluco de estrada mesmo. Eles são o meu apoio, minha força, minha família. Minha família é muito grande sabia?

– O que vocês acharam do show hoje?
Ventania: Muito legal, uma galera muito bacana. Inclusive este lugar é muito chic, eu gosto é de cantar em rodinha de fogueira, minha vida foi tocar na estrada, nas praças. Muitas bandas começaram a gravar minha música “Cogumelo azul”, então eu resolvi gravar também. É minha música! Ela ficou mais de vinte anos sem registro, mas agora ela é registrada, editada. É mais protegida agora. Eu nem sabia destas burocracias, nunca tive documento, nunca fui ligado a estas coisas. Nunca votei e nem sei se vou votar. Eu não nasci para estas coisas.

– De onde surgiu o nome do cd?
Ventania: Nosso cd é totalmente de produção independente porque nós nem conhecemos como é a produção com gravadoras. Eu gravei este cd em casa, por brincadeira. Só para loucos! Eu pensei. Nunca imaginei se alguém acompanharia a banda. Se os loucos comprarem o cd está bom. Agora estou fazendo o meu cd de papel, mão a mão. Ao invés de ganhar um cd de ouro, ganhei um cd de pedra em São tomé. Estou curtindo muito este “lance” de passar mão-a-mão.

– Qual o estilo e o ideal da banda?
Ventania: O estilo da banda é o rock “estroncho” e nosso ideal é só cantar para os loucos, mas acho que todo mundo está curtindo. Galera, muita paz no coração, vamos nos unir porque podemos cantar uma só grande canção.

“Senhoras e Senhores desse mundo louco e virtual que corrompe nossas cabeças! Sou um fugitivo, andarilho e compositor em busca da paz e virtudes que a vida proporciona para nós desfrutarmos a cada pôr-do-sol junto à Natureza. Estou na estrada há muito tempo, levando minha mensagem através das minhas canções, aos jovens e pessoas de cabeça e mente livre! …Só para Loucos…Caretas não“!

(Extraído na íntegra do site:
http://www.opus666.com/)

(Link Direto:
http://www.mp3mp4mp5players.net/portal/cd-ventania-so-para-loucos.html)

7 comentários:

Anônimo disse...

gostaria de saber um site oficial do cantor ventania e agenda de shows.mandar para o e-mail psmartyns@yahoo.com.br

miropx.blogspot.com disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

poxa ventania é meu rei
amo esse cara queria muito saber um site onde eu possa saber os shows que iram acontecer...
pode mandar para vivi_pequena_@hotmail.com obriga
muita paz

Anônimo disse...

ventania vc é locomelo é é porisso e porque vc canta muito loco e o melhor de tudo vc é seguidor de nosso senhor e salvador jesus cristo

Isadora Boerger disse...

Pô Ventania, você é bacana demais. Sexta agora 4/11 tava no show no Arcadium, cantei com você simbolo da paz, curti muito. Se rolar de passar seu e-mail, tenho alguns poemas que são massa, as vezes podemos fazer uma mistura, quem sabe!

Amor, paz, e harmonia sempre.

Isadora.

Marcelo Bogovich disse...

Achei varios pedazos inteirinhos de mim nas suas músicas, q dejei lá pela br...tem un irmao argentino sabe?

Marcelo Soares Souto disse...

Queria saber como faço para poder contratalo para cantar em brasilia!